quarta-feira, 15 de novembro de 2017

 
 
 
 
 
 
O TEÓLOGO DA LIBERDADE QUE PENSA O PAPEL DA MUHER.
 
 
 
Kis Stjerna  analisa participação feminina na Reforma e as concepções  de Lutero acerca da vocação e Missão das Mulheres. As mulheres cristãs passam a ter um protagonismo na vivência da Fé a partir de Reforma Luterana acerca da vocação e Missão das Mulheres. Segundo a Teóloga Quiri Stjerna, isso se dá a partir das concepções cerca da liberdade presente no monge reformista. "As sementes da exclusividade e igualdade evidente em sua teologia  - mesmo se os luteranos não desenvolveram realmente estes temas até gora e com alguns inclusive nem empregando estes termos,"  destaca. Ela explica que é através  dos sermões de Lutero que se pode perceber como ele compreende a mulher e a vocação a elas desejada por Deus. "O matrimônio e a maternidade são vocações mais importantes. São vocações que Deus abençoou e que são importantes quando do ofício de um Bispo, entre outras" pontua.
 
Na entrevista a seguir, concedida por e-mail à IHU On-Line, Kirse,   destaca que Lutero não era panfletário do direito da oratória feminina pública, mas também não criticava as senhoras que mulheres seriam chamadas a profetizar e a proclamar", explica. "Ele não incentivou as meninas a irem para a escola estudar para a vocação. Mas, isto sim, considerava que o lar era lugar delas - onde poderiam "governar."   e serem encarregadas de um monte de coisas, completa. Aliás, para a teologia, é através da maternidade que muitas participam da Reforma . "Para alguns, a maternidade significa, realmente, um amplo leque de opções, incluindo a escrita de textos para filhos (manuais). Nos lares, elas contribuíam ensinando a nova Fé para os filhos Algumas, mulheres nobres, usaram ambientes jurídicos para implementar a religião protestante". A religião protestante", destaca entre outras ações femininas no movimento.
 
Ao deixar isto claro, é preciso lermos Lutero estritamente no contexto do século XVI ou como alguém que pode também falar à modernidade/ pós-modernidade. Mas, também, podemos ser criativos e encontrar ainda novas perspectivas nele, Lutero, e na relevância de seu pensamento hoje.
IHU ON-LINE - Ao longo da Idade Média, houve a tentativa de promover diversas reformas da Igreja inspiradas no "despertar evangélico , mas que acabaram não se efetivando. De que forma Lutero se apropria desses movimentos, muitos ocorridos até 200 anos antes da Reforma Luterana? Kirsi Stjerna - Lutero reúne as  vozes daqueles representantes reformistas que exigiam, por exemplo, que todo o mundo deveria ter acesso às Escrituras em seu próprio idioma e que o sacramento da Mesa deveria ser inclusive e tanto o pão quanto o vinho precisariam ser ofertado  aos leigos também.
 
Ele também não inventou a critica  à corrupção na Igreja, à opulência com o dinheiro, dos problemas com o poder papal e à indivíduos  particulares na sede papal (por vezes pessoas realmente interessantes!) Ele não foi o primeiro a criticar a Igreja em sua imoralidade sexual  clerical. Em diversos sentidos, Lutero reúne o coro das criticas e dos que que exigem reformas, incluindo os humanistas. Além disso ele também falou, com veemência. em nome do matrimonio,  mais dos  seus antecedentes. O seu questionamento da Tradição na Igreja teve predecessores, mas Lutero  definitivamente expressou isto mais do que todos que viram antes dele na Idade Média.
 - Quais são os aspectos fundamentais da contribuição feminina à Reforma Luterana? Quiris Stern - as mulheres contribuíram  dizendo sim, juntando-se aos movimentos de reforma.

Por meio da maternidade, elas tiveram diversas maneiras de participar na Reforma. Para alguns, a maternidade significava, realmente um amplo leque de opções, incluindo a escrita de textos para os filhos (manuais) Nos lares, elas contribuíram  ensinando a nova Fé para os filhos. Algumas mulheres nobres, usaram ambientes jurídico para implementar a religião protestante. Muitas senhoras da nobreza apoiaram os movimentos reformistas com suas riquezas e com uma insistência pessoal. Portanto, contribuíram com as suas próprias  confissões/união ao movimento, ensinando a Fé aos filhos. Sob o ponto de vista de historiadora e teóloga, como percebe o papel da teologia feminina no diálogo inter-religioso? Penso que a teologia feminista etc. são bastante significativa como um passo inicial e como um convite à reflexão crítica para além das fronteiras metodológicas e denominacionais.

Em que medida o contexto da eclosão da Reforma pode inspirar as mulheres de hoje a buscarem seus espaços dentro e fora da Igreja? Primeiro de tudo ter as mulheres do século XVI nos "álbuns de família", por assim dizer, é fundamental para construirmos conexões e para que as mulheres reivindiquem as mulheres seriam chamadas a profetizar  e a proclamar", explica. "Ele não incentivou as meninas a irem para a vocação. Mas, isto sim,  considerava que o lar era o lugar delas - onde podiam "governar " e serem encarregadas de um monte de coisas", completa. Aliás, para a teologia, é através da maternidade que muitas   participam da Reforma para os filhos (manuais). Nos lares elas contribuíam  ensinando a nova Fé para os filhos. Algumas mulheres nobres, usaram ambientes jurídicos para implementar a religião protestante", destaca entre outras ações femininas no movimento.

Kirsi Stjerna é professora de história Interna e Teologia,  integra o corpo docente da Graduam-te Teológica Union, em Berkeley, na Califórnia. É secretária Executiva e Editora de "The  Antaste Luther", "volumes 1 a 6 (Fortress Press, 2015-2017); também escreveu Women and the Martin Luther,"  ( Wesley Blackwell, 2009). Hoje necessita-se disparadamente de muitas reformas. O trabalho da Igreja não está feito, o status que não deve ser desejado, isto -é estranho à natureza, própria de uma tradição reformista. Sob
quais aspectos há diferenças entre a realidade das mulheres luteranas na Finlândia, de onde a senhora vem, e nos EUA, onde atualmente leciona e vive? Kirsi Stjerna - Nos Estados Unidos , há muito mais mulheres professorar. Na Finlândia, poucas mulheres são encontradas para lecionar, o que também se mostra nas preferências metodológicas e nas escolas dos cursos.

Nos dois Países, o numero de mulheres interessantes em estudos o número de mulheres interessadas em estudos teológicos  está aumentando. No entanto, há lacunas salariais,  na Academia e na Igreja: elas geralmente recebem menos. Eu diria que, que, na Finlândia, as luteranas são bastante ativas e têm uma forte presença - mesmo que todos Bispos sejam (de novo) todos homens. Nos EUA, a meu ver, a presença da mulher luterana em postos de liderança na Igreja está em falta ainda. Gostaria de acrescentar alguns aspectos não questionados? Kirsi Stjerna,  - continuo dizendo a meus alunos que eles não devem pensar, ingenuamente, que a misoginia e o sexíssimo
acabaram. Longe disso. Parece haver uma reação negativa contra as mulheres e o feminismo, até mesmo em nível global, o que se mostra nas estatísticas de violência contra a mulher...  
 
 NOTA: Agradecimentos à Revista IHU pela dedicação, as cores comovem. Quis colocar dentro do Computador.
LUTERO super elegante, desembaraçado e firme como sempre.

REDAÇÂO:

Iracema Alves
Jornalista gestora cadeirante
 iracema2010@gmail.com
 
 
 
 
 
 
 

quarta-feira, 8 de novembro de 2017








SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL RETORNA OS RUMOS DE PRESERVAÇÂO NA AMAZONIA.
 
 
 
O Supremo Tribunal Federal mas alta instância do poder judiciário brasileiro, vai decidir, nesta semana, se as leis e medidas eu alteram áreas de preservação ambiental. Amazônia e do restante do Brasil, vão contra que determina a Constituição Federal. Na próxima quarta-feira
dia (8) - hoje - os ministros darão ao julgamento de quatro ações que apontam a legislação ambiental conhecida como Medida Provisória -558. N quinta-feira dia (9), o  STF avaliar, a medida que que reduz as áreas de proteção da Ama.zônia
O Julgamento já foi iniciado dia 16 de agosto, mas foi suspenso, após o Ministro Alexandre Moraes, pedir mais tempo para analisar o processo. Até o momento, apenas a ministra e a redatora Cármen Lúcia, proferiu seu voto, favorável à inconstitucionalidade da MP 558
 
Código Florestal
Entenda o caso:
 
Especialistas apontam que o Código Florestal, aprovado em 2012 permite que se deixe de recuperar mais de 29 milhões de hectares que foram  desmatados até Julho de 2008, e 88 milhões hectares sejam  desmatados - área que equivale dos Países Itália e França, somados. A Constituição  Federal do Brasil determina no entanto "que Todos têm ao meio ambiente ecologicamente equilibrado (...)  impondo-se ao pode público e à coletividade e preserva-la o poder de defendê-lo e preservá-lo para o presente e as futuras gerações. A Lei das Florestas também mudou as regras para a área mínima de reserva ambiental obrigatória  para cada propriedade. Além disso, que áreas desmatadas podem ser reflorestadas em diferentes  Estados do País.
 
O advogado Calos Morés Conselho da Terra de Direitos, explica que isso é um problema. O Brasil, pelo seu tamanho, tem regiões vegetações  diferentes,  e recuperar uma área vai ajudar na preservação dos animais e Plantas que vivem em outro bioma.  Constituição Federal determina
a preservação da biodiversidade.  E isso só se faz com essências nativas, fala. A Lei também é criticada por incentivar a finalização da natureza, que já que a preservação da biodiversidade. E agora também objeto de valor monetário.  Como através  da Redução da Amazona.
 
Iracema Alves
Jornalista gestora cadeirante.
 
NOTA. Me entregaram esta  redação com inúmeros errados
            Minhas  desculpas por favor  / em8;11/ de217
 
 
 
t
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
,,
 
 
 
 
 
 
 
   
 
 

terça-feira, 7 de novembro de 2017






 
A Depressão Pode Ser Uma Doença Física ligada à Inflação.
 
 
"A depressão é um transtorno de humor comum, porém grave, que causa sintomas que afetam a forma como uma pessoa se sente, pensa e lida com atividades diárias, domo dormir, comer ou trabalhar. os sintomas devem estar presentes por duas semanas para serem diagnosticados como depressão. Tristeza e Depressão podem ser confundidas por isso tente identificar o tempo de duração dos sintomas."
 
Na verdade, sugeriu-se que a inflamação generalizada poderia ser que está causando e produzindo sentimentos de infelicidade, desesperança e fadiga. Se for esse o caso, a depressão pode ser tratada com medicamentos anti-inflamatório. No caso da depressão crônica, é possível que o sistema imunológico esteja falhando em deligar após uma doença ou trauma, levando a sintomas persistentes. Além disso, um crescente número de pesquisas, incluindo artigos científicosttps://hypescience.com/cientistas- depressão-pode-ser uma doença física-ligada-inflamação/) e resultados de testes clínicos, dizem que parece haver uma conexão reveladora entre o tratamento da inflamação e o alivio da depressão. Em Junho de 2017, pesquisadores de Stanford revelaram que poderia criar um teste de diagnóstico de laboratório para encefalomielite mialgia/síndrome de fadiga crônica, juntamente com o que pode ser um primeiro tratamento mundial.
 
Em Outubro de 2016, uma revisão importante da pesquisa sobre a próxima geração de medicamentos anti-inflamatórios, que são mais utilizados para tratar distúrbios  autoimunes, revelou uma ligação definitiva  entre a inflamação e a depressão. Esta ligação pode apresentar uma nova forma de tratamento. Além disso descobriu-se que cerca de um terço das pessoas com depressão têm níveis mais elevados de citocina - proteínas que controlam a forma como o sistema imune reage. Isso poderia indicar inflamação
em seus cérebros. Também revelou que as pessoas com sistemas imunes hiperativos são mais propensas a desenvolver depressão. O chefe do Departamento de Psiquiatria da Universidade de Cambridge, o professor Ed Bullmore, disse ao Jornal The Telegraph que ele acredita que um novo campo de "imunoneurologia" está próximo.
 
Na verdade, ele pensa ser bastante claro que a inflamação pode causar depressão. Ele também afirma que "em relação ao humor, além de qualquer dúvida razoável, existe uma associação muito robusta entre a inflamação  e os sintomas
depressivos. A questão é que a inflamação leva a depressão ou vice-versa ou apenas uma coincidência? No estudos de medicina experimental, se você tratar um individuo saudável
com uma droga inflamatória, como o interverão, uma porcentagem substancial dessas pessoas ficará deprimida. Então, á provas suficientes para um efeito casual". Como resultado desse trabalho, um achado importante seria tratamentos mais eficazes para a depressão, e que talvez não precisem ser feitos ao longa da vida. Além disso, se esse conhecimento der forma à norma para compressão e o
e o tratamento da depressão, a dicotomia  artificial entre o corpo e a mente poderia ser alterada, através da qual  a visão sobre a depressão como condição de uma causa física
definitiva, poderia ajudar a reduzir o estigma em torno da doença mental muitas vezes impede que muitos recebem tratamento. Infelizmente a depressão é a causa de transtornos gravíssimos, inclusive suicídios em todo o mundo. Por esse motivo, é importante enfatizar a importância do Setembro Amarelo, uma Campanha  Mundial
de prevenção do suicídio. Conheça mais sobre o projeto clicando aqui.
 
"Descubra mais sobre a depressão neste informativo e procure ajuda."
 
"Não faça de ti um sonho a realizar. Vai! Sem caminho marcado; tu és o de todos os caminhos". Cecilia Meireles"
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

domingo, 22 de outubro de 2017








'SE O BRASILEIRO SOUBESSE O QUE SEI, SERIA MUITO DORMIR ', diz Cármen Lúcia' .  
       
"A Presidente do Supremo Tribunal (STF) Ministra Cármen Lúcia, afirmou neste sábado que o brasileiro não dormiria, se
conhecesse tudo o que ela sabe." A declaração foi dada pela Ministra ao comentar a situação dos presídios brasileiros, segundo ela, totalmente dominados organizações criminosas. Hoje temos as questões gravíssimas de organizações criminosas: dominando em todos os Estados do Brasil. Por isso eu digo que não é cômodo nem confortável nem confortável na qual eu me assente, por uma singela circunstância: "eu sou uma pessoa que mais tendo informações não tenho a menor capacidade de ter sono no Brasil".  Por isso eu digo que não é cômodo nem confortável
nenhuma poltrona na qual eu,  me assente, por esta singela circunstância: eu sou uma das pessoas que mais tendo informações: não tenho a menor capacidade de ter sono no Brasil  disse a Ministra,  durante a participação  no Festival Piauí Globonews de Jornalismo, realizado em São Paulo: - se o brasileiro soubesse tudo o que sei, tendo visitado 15 Penitenciarias masculinas e femininas, seria muito difícil dormir - completou. Cármen Lúcia rebateu os críticos  e os desafios a assumir o seu lugar e fazer o que faz. Para ilustrar o momento atual do Brasil, a Ministra citou um trecho
do Poema ' Nosso Tempo', do mineiro Carlos Drummond de Andrade. "Os homens pedem carne. Fogo. Sapatos/ As Leis não bastam/ Os lírios não nascem de Leis/ Meu nome é tumulo,  e escreve-se na pedra". Vivemos tempos de muito  tumulto. Para mim, infelizmente, eu estou na Presidência do (STF) e o Brasil quer uma solução para um mundo de tumulto - disse Cármen,  negando que se reclamação. Delação como "instrumento necessário" Na
conversa com a jornalista Consuelo Diógenes e diante de uma plateia, a Presidente do (STF) evitou-se aprofundar em temas polêmicos. Sobre a deleção dos irmãos Joesley e Wesley, Batista, as JBS, disse apenas que o Supremo ainda vai avaliar se houve ou não manipulação para a produção de provas.  Entretanto, ela ressalvou que o ex-Procurador-Geral
da República, Rodrigo Janot, responsável por conduzir os acordos da colaboração e empresários, experiente, e muito preparo. Eventuais excessos serão corrigidos. Nenhuma investigação ou acusação para o caso do procedimento não tenha sido perfeitamente aplicado - observou a Ministra, que
criticou o "vazamento seletivo" das delações - O vazamento é um erro. A Presidente do Supremo ainda fez uma forte defesa da democracia  e disse não acreditar no risco de uma
intervenção militar. Em setembro pp. o General do Exercito Antonio Hamilton Mourão  indicou que a tomada do
poder  pelos militares  era uma saída para o País, caso o Judiciário não selecionasse o problema politico. A Ministra classificou com um desserviço "qualquer falta de pessoas que seja contra a Constituição". Provocada a dar opinião sobre as declarações do Ministro Gilmar Mendes (...) e os embates com os Ministros do (STF), Cármen Lúcia se esquivou dizendo que Mendes tem toda "peculiaridade" de se manifestar. Não pode um Ministro calar o outro. Aliás, acho que ninguém pode calar, ninguém.
 
PS: A reportagem é da jornalista  Jussara Soares, publicada  por O GLOBO em 07/10 2017 /       Atualizando:  22/10/2017 - horário de verão: 15:44
 
Iracema Alves
jornalista gestora cadeirante
 
Ministra, estou lendo: Tempos Extremos - Miriam Letão
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

  
 
 
                                                                                       
                  0 Italiano de Verdade
 
  
                              O Italiano de Verdade
                              Deixem-me cantar
                             Com violão na mão    
                               Sou um Italiano
 
           Bom Dia Itália, com o espaguete "al dente"
                e um partidário como Presidente
      Com um radinho de pilha sempre na mão direita
                         e um canário sobre a janela
                      Bom dia Itália com seus artista
                 Com muita  América sobre anúncios
                        com as canções com amor
                                  com o coração
          sempre com mais mulheres menos freiras
                                  Bom dia Itália
                                  Bom Dia Maria
                Com os olhos cheio de melancolia
                                  Bom Dia Deus
                       Sabes que eu existo também
                                  Deixe-me cantar
                             Com um violão na mão
                                 Deixe-me cantar
                        pois deles  sou orgulhoso
                                 Sou  um italiano
                           um italiano de verdade  
 
                   Bom dia Itália que não  se espanta
                   e com o creme de barba mentolado 
                    com um terno "risca de giz" azul
                        e as reprises domingo na TV
                   Bom dia Itália com café  "restritos"  
                   As calças novas na primeira gaveta
                      Com a bandeira na lavanderia
                    e um Fiat 600 baixo da carroceria
                                   Bom dia Itália
                                   Bom dia Maria
                 Com os olhos cheios de melancolia
                                   Bom Dia Deus
                       Sabes que eu existo também
                                   Deixe-me cantar
                               Com o violão na mão
                          Uma canção bem devagar
                                   Deixe-me cantar
                           Pois deles sou orgulhoso
                                  Sou um Italiano 
                              Um Italiana de verdade
          
                              Lá Lá Lá Lá Lá Lá Lá Lá
 
                                   Deixe-me  cantar
                               Com o violão na mão
                                   Deixe-me cantar
                            Uma Canção bem devagar
                                   Deixe-me cantar
                               Pois sou um Italiano
                             Um Italiano de verdade
 
                               O Italiano de Verdade
                       Deixe-me cantar com o violão na mão 
                           Deixe-me cantar sou um Italiano
                            Retornei para meu País - Itália 
                            Para permanecer Italiano...
   
 
 
"A morte deveria ser assim: um céu que pouco a pouco anoitece e a quietude nem soubesse que era o fim"
 
Redatora
Iracema Alves
Jornalista gestora cadeirante        

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

 
          Oito Princípios Básicos à Vida 
 
 
 
 
1 - Não há mal que dure para sempre. Qualquer dor, ou sofrimento que você esteja passando é necessariamente passageiro. Por mais que demoro e por mais que o sofrimento pareça eterno, um dia ele sempre terá um fim.
 
2 - Você não é a única pessoa a sofrer no mundo. Nosso sofrimento sempre parece maior, pois estamos sentindo-o diretamente, em nós mesmos. Mais basta olhar para o lado e ver o quanto cada pessoa no mundo sofre de igual forma, ou até mais gravemente de nós. 
 
3 - Pense que, o sofrimento fosse menor, ele poderia não ser suficiente para provocar um movimento em você e te tirar do conformismo. No momento em que o sofrimento se torna insuportável, esse limite nos força a tomar uma atitude e a buscar um desenvolvimento.  Se alguma parte do seu organismo não começasse a doer fortemente, você não saberia que ele precisa de cuidados fortemente, você não saberia que ele precisa de cuidados, e não buscaria a cura. Da mesma forma, quando há uma enfermidade da alma precisando de purificação interior, é necessário que a dor nos tire da inação como base de sua e nos mostre o caminho. Logo não reclame da dor, torne-a como base de sua transformação do seu desapego das coisas fúteis e efêmeras.
 
4 - Tal como uma criança grita e se debate quando toma uma vacina, nós também reclamamos e esperneamos quando Deus nos coloca diante das vacinas doloridas da vida. Da mesma forma qua a vacina irá imunizar a criança e evitar doenças futuras, assim também o advindo das adversidades da vida tem o poder de imunizar nosso espirito e nos libertar das futuras doenças da Alma.
 
5 - Uma grande lição do sofrimento é que só aprendemos uma coisa quando a realizarmos e sentimos. É como o aluno de natação e seu professor. Por mais que o professor explique a teoria da natação, num dado momento o aluno precisará jogar a pessoa na água e se virar sozinho (a) para conseguir nadar. É certo que, em algum momento o professor precisa jogar a pessoa na água, e deixá-la sozinha, para que ela aprenda a nadar pelos próprios meios e recursos, sem depender mais de ninguém. Em essência, Deus faz isso para que cada pessoa cresça por si mesma e se torne independente, pois é assim que evoluímos espiritualmente. Por esse motivo, Deus nos coloca num mundo de sofrimento para que, sem nenhuma ajuda nos num mundo de sofrimento para que, sem nenhuma ajuda no momentos difíceis, possamos aprender as sagradas lições da vida.  
 
6 - Saiba que, se os sofrimentos da vida fossem simples de serem vencidos, o mérito espiritual seria igualmente simples, e pouco traria de benefícios espirituais para nosso espírito.
Quanto maior o sofrimento, maior o mérito em superá-lo, e consequentemente, maior o mérito em superá-lo, e reclame do sofrimento, agradeça a Deus a oportunidade de atravessar uma provação.
 
7 - Os sofrimentos da vida mundana podem ser completados aos sofrimentos que passamos na infância. Quando somos crianças, as pequenas tribulações de briguinhas com colegas, lutas por brinquedos, ciúmes de irmãos, gozações dos meninos, tudo isso parece terrível. Naquela fase esses probleminhas  parecem imensos, mas após nosso crescimento e amadurecimento volvemos o olhar novamente à infância e nos damos conta do quão irrisórios e insignificantes eram esses problemas. Os adultos podem até deixar de lado pequenas rixas infantis por descobrirem o seu caráter banal. O que acontece na infância com a visão da fase adulta,  é semelhante ao que ocorre na visão do espirito no plano espiritual ao sofrimento do mundo. Percebemos a sua natureza e a sua total irrelevância diante da vida espiritual.
 
 
8 - E por fim não se esqueça:  Deus nos dá a cruz do sofrimento que podemos carrega-la. Como Deus é inteligente perfeito ele se conhece muito melhor do que ti mesmo, e sabe que você é capaz de carregar um pesada CRUZ.  
 
REDAÇÃO
 
livre para voar